O funcionário da Premier Turismo, Diego Negosek curtiu suas férias na Austrália e ele contou tudinho para nós. Confere que tem muitas dicas e curiosidades!

Sydney é uma das cidades mais impressionantes no mundo. Tive a oportunidade de conhecer desde os principais pontos turísticos e patrimônios históricos até um dos mais importantes estádios para realização de eventos. Os locais que mais atraem os visitantes são a exuberante Sydney Harbour Bridge e a clássica Sydney Opera House, principais referências da cidade para o mundo todo:

01

Sydney Harbour Bridge

 06

Sydney Opera House

A cidade conta com um dos mais importantes jardins botânicos do planeta, o Royal Botanic Garden, que completa 200 anos em 2016. Com uma diversidade de plantas, árvores, rios, lagos e monumentos, o local é de livre acesso e pode ser visitado todos os dias do ano. O jardim possui, também, palácios em que são realizados encontros entre governantes e presidentes de diversos países, bem como a família real britânica.

Patrimônios históricos, como museus, igrejas, galeria de artes, construções da era victoriana e entre outros estão espalhados por toda a cidade. Eles refletem o contexto que ajudou a formar não somente a cultura de Sydney, mas também a cultura australiana.

d01

d02

Sydney possui portos em que você pode contemplar belos navios, barcos e iates que entram e saem da cidade a todo o momento.

dd

A cidade também conta com grandes arenas/estádios para realização de eventos, shows musicais, campeonatos esportivos e muito mais. Os dois estádios principais são o ANZ Stadium e a Qudos Bank Arena, com capacidade para mais de 80 mil e 30 mil pessoas, respectivamente:

e01 e02

Sydney possui uma variedade de meios de transporte público: ônibus, trem, metrô, barco e muito mais. Para utilizá-los, você precisa ter um Opal Card, que funciona como um cartão transporte da cidade. Para obtê-lo, eu precisei fazer um cadastro no site do Opal Card e aguardar o cartão chegar em minha casa. Eu carreguei o cartão com uma certa quantidade de dinheiro e o mesmo ficou disponível para uso. Esse cartão é a única forma de utilizar o transporte de Sydney. Não há como pagar em dinheiro.

mony

Os meios de transporte de Sydney são de alta tecnologia e oferecem todos os recursos necessários para você ter uma boa viagem. Eu utilizei trem e barco e não tive transtornos em relação à localização dos pontos de embarque nem desconfortos no momento da viagem. A cidade é toda estruturada para auxiliar os viajantes/turistas na utilização do transporte.

Dicas:

Desejável Inglês fluente, mas se não tiver, pelo menos tenha o Intermediário para poder se comunicar sem problemas. Os australianos já estão acostumados com os turistas que vem pela cidade e, se precisar, eles falam devagar e repetem a frase, caso você não entenda;

Os carros são de mão inglesa (volante no lado direito) e as ruas foram desenvolvidas para esse estilo de carro. É necessário cuidado ao atravessar a rua e olhar para os quatro lados. Nas ruas com semáforo, atravesse somente quando o sinal do pedestre ficar “verde”. Não dá pra usar aquele jeitinho brasileiro de atravessar quando quiser;

As estações de trem possuem elevadores para auxiliar os turistas com as malas de viagem, bem como os próprios cidadãos;

Leve um bom dinheiro (dólar australiano) para poder fazer compras, pois o cartão de crédito internacional pode bloquear após várias utilizações;

Contrate um serviço turístico para você poder conhecer os locais da cidade. Além de ser mais prático, você aprende o contexto histórico da cidade e não apenas “ver por ver”.

Curiosidades:

Na gíria, um australiano é chamado de “aussie”;

O sotaque australiano é único no mundo. Ao ouvir uma pessoa falar, você já consegue identificar que ela é da Austrália;

Os cinemas são um estabelecimento próprio e não dentro dos shoppings como no Brasil;

A cidade é repleta de pessoas do mundo todo. A diversidade cultural é enorme em Sydney;

Pessoas de todas as classes utilizam o transporte público, ricas ou pobres;

O sol nasce às 6h30 da manhã e se põe às 5h30 da tarde;

A gentileza é geral em Sydney. “Com licença”, “Por Favor” e “Obrigado” são parte do dia a dia dos australianos;

As comidas possuem um preço acessível e a cidade está cheia de lanchonetes, restaurantes, fast-foods, pizzarias, bares e muito mais;

O clima é quase idêntico ao de Curitiba, porém a sensação térmica é um pouco mais quente. O vento é muito intenso por lá.