Você já ouviu falar em “Elopement Wedding”? Pouco divulgado aqui no Brasil, este estilo de casamento é comum em diversos países. Em inglês, o termo “elope” quer dizer “fugir”, por isso essa proposta de casamento ganhou esta nomenclatura, pois a ideia nada mais é do que fazer um casamento sem a presença de qualquer convidado, somente com os noivos e um celebrante. É basicamente um casamento a dois.

No último Sábado a atriz Sthefany Brito casou com o empresário Igor Raschkovsky em Montalcino, uma comuna italiana da região da Toscana, província de Siena, com belas fotos nos vinhedos ao pôr do sol.

Esta tendência de cerimônia tem se popularizado principalmente devido a influência de artistas como Marina Ruy Barbosa e Xande Negrão que tiveram a benção de monges budistas na Tailândia, ou Anitta que disse “sim” a Thiago Magalhães numa cerimônia secreta, celebrada por um pajé, na Amazônia.

A maioria dos noivos escolhe este formato de casamento para conciliar com uma viagem dos sonhos, por exemplo, e o casamento acaba acontecendo ao mesmo tempo em que a lua de mel.

Casar desta forma pode ter muitas vantagens, desde a economia até a facilidade, já que necessita apenas de um celebrante, e um fotógrafo, mas a ideia principal do Elopement Wedding vai além de praticidade, pois é perfeito para casais que sonham com este momento só deles, e que buscam intensidade, profundidade, significado e muita intimidade.

Então por onde começar? Primeiramente definindo o destino dos seus sonhos e a melhor data. E se você não tem ideia de como fazer pra que este sonho se torne realidade, podemos ajudar você, com um destino e serviços personalizados. Entre em contato com a gente, e marque uma visita. 🙂