A cidade está no imaginário de muita gente e, não à toa, bateu seu recorde em 2018, quando recebeu 65 milhões de turistas.

As consultoras de lazer da Premier Turismo estão sempre montando roteiros e preparando documentos que reúnam informações importantes para os nossos clientes. Pensando nisso, utilizaremos um desses roteiros para dar dicas de Nova York. A Big Apple é formada por 5 distritos, são eles: Manhattan, Staten Island, Queens, Brooklyn e Bronx. Repleta de atrações, separamos as mais famosas, confira:

Times Square: com inúmeros painéis iluminados, te dá a sensação de estar no principal lugar do mundo. A noite da Times Square parece dia! Os vários restaurantes e lojas vão te encantar. Você pode subir na escadaria vermelha para contemplar essa paisagem única.

Broadway: é uma extensa avenida que corta a ilha de Manhattan. Muito famosa devido à região chamada Theater District, onde estão os teatros que possuem apresentações de espetáculos musicais como O Fantasma da Ópera, Rei Leão e Aladdin. Os ingressos podem ser comprados antecipadamente nas bilheterias dos teatros ou na TKTS, localizada na Times Square. Ali são oferecidos ingressos para o mesmo dia dos espetáculos, porém com desconto – se prepare, a fila é um pouco extensa. Chegue com antecedência!.

Estátua da Liberdade: um dos maiores símbolos dos Estados Unidos, a Estátua da Liberdade foi um presente do governo francês e simboliza liberdade e independência. Situada na Liberty Island, para visitá-la há opções de passeios de barco que geralmente incluem visita ao Museu da Imigração em Ellis Island.

Brooklyn Bridge: é uma das pontes de suspensão mais antigas do país e proporciona uma vista maravilhosa das duas regiões. A Brooklyn Bridge é a principal ligação terrestre entre Brooklyn e Manhattan. Além disso, no sentido Manhattan-Brooklyn, você terá a oportunidade de comprar aqueles souvenirs de viagem, como imãs de geladeira, chaveiros e canecas. Os ambulantes aproveitam esse espaço para vender os itens baratinhos que todo turista adora levar de lembrança.

Museu de História Natural: fica ao lado do Central Park e conta com um acervo com a mais completa coleção de fósseis do mundo. Oferece exposições temporárias e permanentes que mostram desde detalhes da história do universo, da fauna, até a história do início e desenvolvimento da humanidade.

Rockefeller Center: um dos principais centros comerciais de todo o país, o Rockefeller Center conta com 19 prédios comerciais, que oferecem atrações como o observatório Top of the Rock, tour com uma exibição sobre a criação do complexo, lojas de marcas famosas, catedral de St. Patrick, NBC Studios, entre outros. No final do ano, próximo ao natal, o Rockefeller Center recebe uma das árvores de natal mais lindas da cidade e uma pista de patinação no gelo. Sabe aqueles filmes de natal que vemos desde criança? Com certeza você já viu algum com o Rockefeller como cenário.

One World Trade Center: construído onde antigamente estavam as duas torres gêmeas do World Trade Center, o novo prédio conta com 104 andares e 541 m de altura. O One World Observatory, localizado no topo do prédio, oferece uma vista incrível da cidade. No complexo está também o Museu e Memorial 11 de Setembro, com exibições dedicadas à memória das vítimas do atentado, à construção das torres e dos voluntários e bombeiros que trabalharam no resgate. Impossível ver o memorial sem se emocionar.

Metropolitan Museum of Art (MET): sem dúvidas um dos museus de arte mais completos do mundo, o MET possui um acervo com obras de arte de inúmeros artistas famosos e também artigos raros de coleções. Há exposições sobre arte romana, grega, egípcia, medieval, oriental, africana, americana e arte contemporânea; seções dedicadas à armaduras, moda e vestimentas, às esculturas e artes decorativas europeias.

Grand Central Terminal: o maior terminal ferroviário do mundo, cenário de muitas séries e filmes famosos como Gossip Girl, Glee, MIB: Homens de Preto, Superman e Madagascar. A arquitetura do prédio já é um atrativo por si só. As 60 lojas e os 35 restaurantes complementam ainda mais a grandiosidade da estação. 

Wall Street: é a principal rua do distrito financeiro de Nova York, onde está localizado o prédio onde funciona a bolsa de valores, New York Stock Exchange. Não é possível visitar o interior do prédio, mas você pode aproveitar para ver os outros prédios importantes na região como o Federal Hall e tirar fotos com o famoso touro de Wall Street (Charging Bull) e a Fearless Girl,  símbolo mundial de empoderamento feminino. Ainda, nos arredores da Wall Street, você pode aproveitar e visitar a Stone Street, o Battery Park, o Federal Hall e o Museum of American Finance.

Madison Square: é o estádio mais importante de Nova York, com capacidade de mais de 20 mil pessoas, recebe eventos de lutas, basquete e hóquei. Existe a opção de fazer a visita guiada pelo estádio ou então você pode assistir a um dos jogos ou eventos para ter uma experiência única.

Madame Tussauds: o famoso museu de estátuas de cera também está presente em Nova York e conta com um acervo com mais de 200 estátuas de cera, dentre as mais famosas estão: Audrey Hepburn, Barack Obama, Steven Spielberg, Albert Einstein, Frank Sinatra, entre outros. Além das estátuas, é possível ter experiências no cinema 4D – Marvel Film, em um workshop digital de moda, entre outras. Duas  modelos brasileiras já tem sua versão em cera, são elas: Gisele Bündchen (em Boston) e Alessandra Ambrósio (em NY). A cantora Anitta deve ganhar sua versão (em NY) de cera em breve.

St. Patrick’s Cathedral: é a maior catedral católica dos Estados Unidos. Obra do arquiteto  James Renwick, fica na quinta avenida e faz parte de muitos tours guiados, que contam a história da catedral. O programa é gratuito e pode ser agendada aqui.  

Principais parques:

Central Park: um dos principais cartões postais da cidade, maior parque urbano de Nova York e um dos maiores do mundo, é um atrativo imperdível. Além da beleza natural que compõe o parque, há atrações como: Central Park Zoo, Sheap Meadow (gramado disputado para piqueniques), Strawberry Fields Memorial (dedicado a John Lennon), The Lake (lago), Bow Bridge (na foto abaixo), Belvedere Castle (castelo), entre outras. 

High Line Elevated Park: um charmoso parque urbano suspenso que foi construído sobre uma antiga linha de trem. Com mais de 2 km de extensão, você pode fazer caminhadas ou simplesmente descansar em um dos vários espaços do parque, além de aproveitar a linda vista da cidade que ele proporciona.

Bryant Park: no centro de Manhattan, o parque é menor que outros da cidade, porém é bem movimentado. O espaço muda de acordo com a época do ano: no inverno é montada uma grande pista de patinação no gelo e você também pode aproveitar a feirinha de natal, repleta de lembrancinhas. Na primavera e no verão é comum ver o pessoal utilizando o gramado para fazer piquenique ou ler um livro, por exemplo. O parque fica aberto das 7h às 23h.

Little Island Park: o parque flutuante de Nova York fica no Hudson River Park, oeste de Manhattan. Inaugurado em maio de 2021, precisa de reserva para entrar e a fila costuma ser grande. Dentro do espaço há mais de 350 espécies de flores, árvores e arbustos. O parque ainda conta com um anfiteatro com capacidade para quase 700 pessoas.

Observatórios:

Top of the Rock: Fica no Rockefeller Center e oferece uma vista de 360º da Big Apple. Aberto durante todo o ano, é lindo em qualquer horário, seja no pôr do sol ou na noite iluminada da cidade. Como as filas costumam ser grandes, depois de passar pelo procedimento de segurança, todos são encaminhados para um salão onde podem ver filmes sobre a construção do edifício. Dica: se quiser pegar o pôr do sol, chegue bem antes, pois até passar pelo processo de compra, fila e subida, demora um pouco e você pode perder o “time”. O custo do ingresso é a partir de US$ 30.

Empire State Building: um dos principais cartões de visitas de Nova York e do país, com seus 102 andares já foi considerado um dos maiores prédios do mundo. Já na fila da bilheteria há um a exibição introdutória sobre o prédio e sustentabilidade. Há uma exposição sobre a construção do edifício, que contém documentos originais desse período. No 86º andar está o observatório a céu aberto, que proporciona uma vista única 360° da cidade. Já no 102º andar está a plataforma superior que permite uma vista ainda mais ampla de toda a cidade. No andar do lobby principal há algumas opções de restaurantes e a loja oficial do prédio. Da mesma forma que o Top of the Rock, o custo é a partir de US$30.

Parece que faltou uma atividade bem comum de quem vai para Nova York, certo? As compras! Apesar do valor do dólar estar em alta, o destino é perfeito para fazer todo e qualquer tipo de compras. Com toda a certeza você irá encontrar o que procura dentre as várias opções de lojas na cidade, bem como programação cultural e diversa. Veja abaixo alguns dos melhores lugares para fazer suas compras:

Macy’s: localizada na Times Square, é uma loja de departamento com 9 andares. Nela, você encontrará desde utensílios domésticos até roupas de grifes, perfumes e acessórios. A loja oferece 10% de desconto para os visitantes internacionais, para obter o desconto é necessário retirar um ‘visitor’s saving card’ no Visitor’s Center.

5th Avenida: muito famosa, reúne diversas grifes famosas como Fendi, Tiffany & Company, Louis Vuitton, entre outras. Lojas de departamento como Saks, Lord and Taylor, Zara e Uniqlo também fazem parte da seleção de lojas. Há ainda uma loja da Apple, que vale a pena conferir. O espaço possui um design geométrico de vidro que chama a atenção dos turistas.

Century 21: excelente opção para quem busca por outlets. As lojas costumam sempre estar cheias, então se programe para ir com bastante calma.

Bloomingdale’s: da mesma rede da loja Macy’s, a Bloomingdale’s possui foco maior em roupas e oferece os lançamentos do momento do mundo da moda.

Hudson Yards: o projeto do shopping custou R$25 bilhões de dólares e é o maior empreendimento imobiliário privado de Nova York. Inaugurado em 2019, o centro comercial conta com mais de 100 lojas. Além de compras, o local é ótimo para tirar fotos. Difícil quem passe pelo Hudson Yards sem parar para admirar o edifício Vessel, uma estrutura de aço revestida de cobre, criada pelo arquiteto e designer Thomas Heatherwick. O espaço conta ainda com o observatório Edge, que fica a 335 metros de altura e permite ter uma visão de toda a ilha de Manhattan.

Empire Outlets: até maio de 2019 NY ainda não tinha nenhum outlet na cidade. O espaço fica em Staten Island, a menos de 20 minutos do sul de Manhattan. Construído em espaço aberto, o outlet tem 100 lojas previstas, que vêm sendo inauguradas ao longo do tempo. Para chegar, é necessário pegar o Staten Island Ferry no sul da ilha de Manhattan, no South Ferry. A boa notícia é que o translado é gratuito.

Jersey Gardens: este outlet não fica em NY, está localizado na cidade de Elizabeth, no estado de New Jersey. No entanto, fica a apenas 40 minutos de Manhattan e é uma opção para muitos turistas que viajam para NY. O ambiente é fechado, que é ótimo para quem viaja em épocas de neve, frio ou chuva, e reúne 230 lojas e restaurantes. Na entrada do outlet fica o quiosque do “Concierge Desk” e você pode adquirir um livro de descontos por US$5, basta apresentar a carteira de identidade brasileira. A forma mais fácil de chegar é de ônibus e a passagem é vendida nos guichês automáticos do Port Authority Bus Terminal (8th Ave. entre a 40st e 41nd Street).

Independente do tempo de viagem, programação não será o problema. Entre em contato com a Premier Turismo para organizar uma viagem especial e de acordo com seus gostos e necessidades. 

Leia também: