A região que viu nascer Portugal conserva uma grande riqueza patrimonial, artística e cultural. A cidade do Porto simboliza o rosto principal da região. A riqueza do seu patrimônio monumental e artístico, a sua vida cultural, o Vinho do Porto e a variedade de atrações e de locais de lazer são apenas alguns dos motivos que tornam fundamental a visita a essa cidade.  O Norte inclui também o Parque Nacional da Peneda-Gerês, no Minho, que constitui uma das maiores atrações naturais do país. Na área mais interior encontra-se Trás-os-Montes, uma região que conta com uma forte relação com o Brasil.

RAZÕES PARA VISITAR A REGIÃO

Porto – Com uma longa história, apresenta o melhor da vida contemporânea em arte e design, numa sábia aliança entre tradição e modernidade.

Patrimônio – Destacam-se os locais classificados Patrimônio Mundial da UNESCO – no Porto, o Centro Histórico, a Ponte D. Luís e o Mosteiro da Serra do Pilar; o Centro Histórico de Guimarães, o Vale do Douro e as Gravuras de Foz Côa.

Natureza – O Parque Nacional da Peneda-Gerês e os Parques Naturais do Douro Internacional, Montesinho, Alvão e Litoral Norte, bem como o geoparque de Arouca, com grande riqueza em fauna e flora, e as aldeias preservadas que conservam tradições seculares, são também lugares de excelência para a prática de atividades como rafting, canyoning e rappel.

Arquitetura contemporânea – Entre os muitos exemplos da excelência da arquitetura contemporânea, destacam-se os arquitetos da Escola do Porto como Siza Vieira e Souto de Moura, ambos Prêmios Pritzker, que aqui constituíram algumas das suas obras principais.

Eventos – Eventos que atraem milhares de pessoas, como festas e romarias animadas: Senhora da Agonia em Viana do Castelo, São João do Porto ou Nossa Senhora dos Remédios em Lamego, a solenidade da Semana Santa em Braga e Festivais de Música como NOS Primavera Sound (Porto) e o Paredes e Coura.

Gastronomia e Vinhos – Destacam-se os vinhos do Porto e Douro e os Vinhos Verdes, que acompanham à perfeição os pratos regionais e a doçaria tradicional.

Termas – A região do Porto e Norte é particularmente rica em águas termais, cujos efeitos terapêuticos são reconhecidos. Algumas já eram conhecidas no tempo dos Romanos, como as de Chaves e outras, com edifícios centenários, foram remodeladas seguindo as mais modernas técnicas, como Vidago e Pedras Salgadas.

Oporto Golf Club – Fundado em 1890 por ingleses radicalizados na cidade do Porto, é o mais antigo clube de golfe da Península Ibérica e um dos primeiros da Europa continental.

FAZER COMPRAS

A região do Porto e Norte é caracterizada pela criatividade do comércio de rua e diversas áreas, como a ourivesaria tradicional ou filigrana, a fabricação de calçados ou o mundo dos produtos gourmet e dos vinhos. Na área histórica da cidade do Porto, é possível encontrar um grande número de lojas de rua com uma oferta distinta, bem como shoppings e mercados. Nos arredores do Porto, em Vila do Conde e em Vila Nova de Gaia, você encontrará também vários outlets de grande amplitude e variedade. Outras cidades da região, como Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Bragança, também oferecem ótimas oportunidades para compras.

PARA COLOCAR NA AGENDA

Durante o ano inteiro, a região do Porto e Norte apresenta um leque variado de eventos. Eis alguns que você não pode perder:

  • Semana Santa de Braga (março/abril, Braga)
  • Festival NOS Primavera Sound (junho, Porto)
  • Festas de São João (junho, Porto)
  • Viagem Medieval (julho/agosto, Santa Maria da Feira)
  • Festival Vodafone Paredes de Coura (agosto, Viana do Castelo)
  • Festas da Nossa Senhora dos Remédios (agosto/setembro, Lamego)

SAIR A NOITE

O Porto oferece uma diversão noturna variada, desde os incontáveis bares e baladas na área histórica até aos concertos nas diversas salas de espetáculo existentes, como o Coliseu ou a Casa da Música, uma referência fundamental da arquitetura contemporânea.

Nas restantes cidades da região, principalmente naquelas onde existem universidades, como Braga, Guimarães e Vila Real, você poderá encontrar um ambiente jovem, com uma oferta diversificada de bares e restaurantes.

PARA SABOREAR 

  • Arroz de lampreia
  • Rojões à moda do Minho
  • Papas de sarrabulho
  • Tripas à moda do Porto
  • Posta mirandesa
  • Francesinha
  • Alheira da Mirandela
  • Presunto de chaves
  • Folar de carnes
  • Bola de Lamego
  • Bacalhau à Gomes de Sá
  • Bacalhau à Minhota
  • Bacalhau a Zé do Pipo
  • Pudim do Abade de Priscos

VIAJAR EM FAMÍLIA 

  • Fazer um passeio pelo Parque Nacional de Peneda-Gerês.
  • Visitar o Santuário de Bom Jesus da Braga, tentar contar os degraus da longa escadaria ou subir no emblemático elevador de Bom Jesus.
  • Em Vila Nova de Foz Côa, visitar o Museu do Parque Arqueológico, onde poderá ver as gravuras de arte rupestre.
  • Visitar parques temáticos como o SeaLife (Porto), World of Discoveries (Porto) e a Magikland (Penafiel).
  • Divertir-se em parques aquáticos, como o Parque Aquático de Amarante e o NaturWaterPark.
  • Conhecer os parques biológicos de Gaia e Vinhais.
  • Explorar os conhecimentos sobre ciência no Visionarium.
  • Dar um passeio num barco rabelo ou num bonde no Porto.
  • Passear pelos passadiços de Paiva.

DICAS 

  • Fazer um cruzeiro no rio Douro.
  • Realizar um passeio no trem histórico.
  • Seguir o Caminho Português de Santiago.
  • Conhecer o Parque Nacional da Peneda-Gerês com as suas aldeias comunitárias e espécies únicas de fauna e flora.
  • Observar o belíssimo espetáculo das amendoeiras em flor no nordeste transmontano (fevereiro/março).
  • Conhecer a Rota do Romântico.
  • Visitar as Caves do Vinho do Porto e apreciar este delicioso néctar.
  • Participar nas Festas de São João no Porto ou em Braga de 23 para 24 de junho.
  • Experimentar atividades radicais como o rafting nos Rios Paiva e Tâmega ou o canyoning nos Rios Minho e Olo.
  • Conhecer os grandes Santuários como Bom Jesus do Monte, Nossa Senhora dos Remédios ou Senhora da Peneda.
  • Apreciar as vistas dos miradouros do Rio Douro e a vista sobre o Porto a partir da Serra do Pilar.
  • Dar um passeio de barco no Parque Natural do Douro Internacional entre ribanceiras impressionantes.
  • Assistir às danças tradicionais dos pauliteiros de Miranda do Douro.

ITINERÁRIO 

Conhecer o Porto | 1 dia 

MANHÃ

– Sé Catedral: Igreja-fortaleza século XII

– Igreja de São Francisco: Decoração em talha dourada século XVII-XVIII

– Palácio da Bolsa: Século XIX, estilo neoclássico

TARDE

– Almoço na Ribeira com vista para o Rio Douro

– Igreja e Torre dos Clérigos ex-libris da cidade

– Museu Nacional Soares dos Reis

– Museu de Arte Contemporânea de Serralves:

– Casa da Música

– Gaia – Mosteiro da Serra do Pilar

NOITE

– Jantar no Cais de Gaia: Zona de animação noturna para apreciar a cidade do Porto sob outra perspectiva.

  • Dica:

Porto Card: O Porto Card é um cartão que assegura entrada gratuita em diversos museus, descontos em restaurantes, monumentos e atrações turísticas, como cruzeiros no Douro, ônibus panorâmicos, aluguel de bicicletas e veículos.

Percurso no Minho | 2 dias

DIA 1: Porto / São Miguel de Seide / Guimarães – Braga

  • Não perder:

– São Miguel: Casa Museu Camilo Castelo Branco

– Guimarães: Centro histórico, Castelo, Paço dos Duques de Bragança, Praça de Santiago, Igreja de Nossa Senhora de Oliveira

– Braga: Sé Catedral (a mais antiga do país), Mosteiro de São Martinho de Tibães, Santuário de Bom Jesus

DIA 2: Ponte de Barca / Ponte de Lima / Viana do Castelo / Esposende / Póvoa do Varzim / Vila do Conde / Matosinhos / Leça da Palmeira

  • Não perder:

– Parque Nacional de Peneda-Gerês

– Viana do Castelo: Santuário de Santa Luzia, Praça da República, Igreja de Misericórdia

– Esposende: Parque Natural do Litoral Norte

  • Dica:

Em Leça da Palmeira, ver uma das obras de arquitetura mais referenciadas de Siza Vieira, a Casa de Chá de Boa Nova.

Percurso Douro e Trás-os-Montes | 3 dias

DIA 1: Porto / Amarante / Marco de Canaveses / Lamego / Tarouca / Salzedas / Peso da Régua

  • Não perder:

– Amarante: Convento de São Conçalo e Museu Amadeo de Souza Cardozo

– Marco de Canaveses: Igreja de Santa Maria, obra de Siza Vieira

– Lamego: Sé de Lamego, Santuário da Senhora dos Remédios

– Ponte Medieval de Torre de Ucanha

– Mosteiro de São João de Tarouca

– Mosteiro de Salzedas

– Peso da Régua: Museu do Douro

  • Dica:

Atravessar o rio Douro pela EN221 e seguir pela EM 222 à beira do rio e apreciar paisagem do Alto Douro Vinhateiro passando por Cinfães e Resende.

DIA 2: Vila Real / Pedras Salgadas / Vidago / Chaves

  • Não perder:

– Vila Real: Jardim da Carreira, Casa de Mateus

– Chaves: Centro histórico de traça medieval, ponte romana

  • Dica:

Escolher uma das três estâncias termais para estadia de repouso: Pedras Salgadas, Vidago ou Chaves.

DIA 3: Bragança / Miranda do Douro / Mogadouro / Freixo de Espada à Cinta / Vila Nova de Foz Côa

  • Não perder:

– Bragança: Domus Municipalis, Castelo, Centro de Arte Contemporânea Graça Morais

– Miranda do Douro: Centro histórico

– Parque Nacional do Douro Internacional

– Vila Nova de Foz Côa: Parque Arqueológico e Museu, visitar as gravuras rupestres

  • Dica:

Fazer um passeio de barco no rio, no Parque Natural do Douro Internacional, com partida do Mogadouro.

Nosso especial sobre Portugal continua! Acompanhe nosso blog. 😉