Durante os últimos meses nos envolvemos em uma campanha sensacional idealizada por nosso diretor chamada: “Plante sua melhor semente”.

No mês de junho plantamos nossas sementes com o objetivo de cultivar, adubar, cuidar e compartilhar com os colegas todo este processo até a colheita no mês de setembro.

Os ensinamentos e aprendizados superaram todas as expectativas e serviram para refletirmos sobre nossa vida pessoal e profissional.

Aprendemos que nem tudo sai exatamente como planejamos. Algumas plantinhas morreram no meio do caminho por diversos motivos e certas pessoas imediatamente tentaram resolver o problema plantando uma nova semente redobrando os cuidados e outras simplesmente nem realizaram uma nova tentativa, se conformando com a situação.

Alguns colaboradores cuidaram intensamente e mesmo assim sua plantinha não foi em frente enquanto outros nem cuidaram tanto assim e colheram de forma abundante.

As sementes foram distribuídas por duplas e neste ponto também ficamos surpresos. Elas foram plantadas no mesmo dia, da mesma forma e com a mesma terra e um cresceu muito e outro nem tanto, ou seja, inúmeros fatores podem ter impactado no desenvolvimento de ambas. Quem sabe a luz, a água e até mesmo o carinho despendido.


E concluímos que assim acontece em nossas vidas e em nossos projetos. Tudo depende da intensidade com que nos dedicamos a algo, como cultivamos, o tanto que damos importância e quanto estamos dispostos a recomeçar e fazer sempre melhor.